segunda-feira, 19 de abril de 2010

Ana Karoline


Karol do teu lado quero sempre estar.
Ao te olhar, me sinto brilhar.
Ao te ver triste não sei me conter.
Quero saber o que aconteceu com você.
N a verdade não sei por que me preocupo contigo
Acho que tenho medo que corra perigo.
Você enche de alegria minha vida.
E sem você me sinto perdida.
Ouço com amor o que me diz.
Karol sou capaz de tudo pra te fazer feliz.
Quem te vê tão séria não sabe quem você é.
Minha melhor amiga será uma grande mulher.
Faz cara de mal e tem jeito de chata.
Mas por seus chingos serei sempre grata.
Segura seu choro pra não se mostrar fraca.
E na verdade é manteiga derretida.
Minha irmã tão querida.
Agradeço a Deus por te colocar em minha vida.
Me lembro de quando nasceu.
E dos seus primeiros passinhos.
E agora que cresceu
comenta dos gatinhos
Espero que pra mim no seu coração.
Tenha sempre um espacinho.
Eu te amo muito.
E fiz pra você essa poesia com amor e carinho.
E agradeço a você por me aguentar.
Com caneta e papel é como costumamos nos comunicar.
Seu nome Ana Karoline no meu coração sempre estará.
E tenha certeza que para sempre irei te amar.

Um comentário:

  1. minha irmã Karol o motivo pra continuar a caminhar nas letras

    ResponderExcluir